Fernando Parmezani

Eu sou o Fernando Parmezani e atualmente moro em São Bernardo do Campo, trabalho com consultoria de serviços, especialmente para internet e me considero um cara de muita sorte.

IMG_8482Não por ganhar rios de dinheiro, ganhar na loteria ou algo assim, e sim, porque tenho uma família incrível. Minha esposa, filha e não poderia me esquecer dos meus cachorros que também fazem parte da família.

Além disso, tenho uma certa liberdade financeira que vem do meu trabalho com consultoria e há 2 anos eu também venho me dedicando a projetos online de marketing digital.

 

Um pouco da história do Fernando Parmezani.

Eu comecei a trabalhar bem cedo, já com 14 anos (sim, naquele tempo ja era possível trabalhar com essa idade) e desde o meu primeiro emprego como Office-Boy numa empresa multinacional Italiana eu comecei a trabalhar com computadores, me lembro até hoje o dia que me perguntaram se eu queria fazer meu primeiro curso de MS-DOS e aceitei na hora.

Depois desse primeiro contato, resolvi fazer o colégio técnico em Processamento de Dados e descobri minha paixão. Programação: Isso mesmo, eu sou aquele cara responsável talvez por algum software que você usa ai no seu PC. 🙂

Para pagar os estudos,eu trabalhava em uma empresa metalúrgica na época e me lembro de estar sempre no escritório perto dos computadores e no laboratório da escola.

Buscando sempre mais conteúdo.

Naquela época de estudos e começo de carreira as coisas não eram tão fáceis assim, eu acordava por volta das 05:00 horas da manhã, pegava um ônibus mais que lotado (muitas vezes ia pendurado na porta) e depois de um dia de trabalho eu ainda ia para a escola e chegava em casa por volta da meia noite.

Embora uma época difícil, sei que foi essa fase que me fez dar valor a todo o conteúdo que eu me dedicava a aprender a cada oportunidade.

FormaturaMe formei e após algum tempo eu saí da casa dos meus pais e fui morar em outra cidade; uma nova experiência, aprendi muito morando sozinho.

Naquela época eu tire que me virar de qualquer forma. E, mesmo adorando computadores, eu me via na necessidade de procurar outra coisa para fazer, pois a cidade em que morei tinha pouca ou nenhuma vaga para esse tipo de qualificação.

Foi aqui que as vendas começaram.

Foi então eu comecei nas vendas, a vender, vender de tudo.

Eu vendi consórcio de carro, agulhas para máquinas de costura, relógio, malhas de inverno, computadores e, além disso, um amigo me ofereceu a oportunidade de dar aulas em sua escola de informática.

Essa sim foi uma experiência pela qual eu nunca havia passado; imagine você na frente de várias pessoas, sendo que eles querem de você, um conhecimento que você não tem confiança se tem ou não, ou se tem a capacidade de entregar.

Respirei fundo e comecei a falar na minha primeira aula, eu me imaginei como cada uma daquelas pessoas e quis passar o melhor conteúdo possível. De uma aula por semana, passei a 5 aulas e o número foi aumentando.

As pessoas gostavam da minha forma de ensino e percebi que era o que eu gostava de fazer, foi um momento de descoberta.

Depois de algum tempo, voltando para São Paulo, onde tinha uma maior chance de posicionamento no mercado, eu resolvi novamente a dar aulas de informática. Eu trabalhei na “DataByte” e outras “Bytes” da vida

Eu adorava dar aulas, mas o valor pago pela hora de aula era muito baixo (típico para professores em nosso país). Então procurei novamente um novo emprego.

Um amigo me indicou para uma empresa multinacional americana, e nessa empresa tive  minhas melhores experiências, pois consegui me destacar em duas frentes, em vendas e também criando programas para os departamentos!

Sei que parece muito estranho trabalhar em duas frentes tão diferentes, e para mim também era.

Fiquei com muito receio de não conseguir fazer nem uma, nem outra coisa bem, como deveria. Mas aí  percebi que estava fazendo duas coisas de que eu gostava muito: Vender e Ensinar (a programar).

E isso me manteve motivado por 4 anos. até que veio a crise americana de 2008 e fui demitido da empresa.

É estranha a sensação de ser demitido, você fica totalmente sem rumo nos primeiros dias, pensativo. Mas decidi que mudaria aquela situação.

Mudei radicalmente, procurei uma nova colocação como programador, isso mesmo, eu já havia programado na empresa anterior e comecei com 30 anos, e tomei o lugar de JUNIOR (mesmo barbado deste jeito).

Eu me surpreendi, pois mesmo começando tudo novamente por baixo,  tinha a experiência dos empregos anteriores, e mais uma vez me destaquei, e percebei que o mercado de desenvolvedores no Brasil muda constantemente.

E a minha recolocação em várias empresas era algo normal, ou seja. eu não era mais um empregado qualquer, eu havia criado minha empresa, tinha meu CNPJ e comecei a entender que as empresas me contratavam pelo meu valor hora e pelo  conhecimento de que as empresas necessitavam.

Como poucas vezes ficava sem trabalho, a Consultoria se tornou o meu trabalho. e naquela fase  já ganhava mais de R$ 5.000,00 por mês, e até mais, normalmente.

Salário bom, comprei meu carro, me casei, voltei e terminei minha faculdade. Tudo parecia estar tudo bem, mas alguma coisa ainda faltava.

Acho que minha vontade de empreender e também de ajudar as outras pessoas era muito forte e, sendo assim, veio o que eu chamo de “fase dois da minha vida”.

Estava tudo bem, mas parece que faltava algo.

Na faculdade eu tinha que procurar muita informação técnica e sempre ia à internet para buscar aulas em vídeo. Foi então que encontrei um site de programação em que o autor cobrava por vídeos específicos com mais conteúdo.

Naquela época eu, Fernando Parmezani, não entendia nada de marketing digital e achei incrível a forma como ele automatizou o seu recebimento pelo site.

A pessoa comprava os créditos e fazia os downloads das aulas desejadas, e assim, abatia o valor do crédito que ele(a) tinha.

Eu não acreditei naquele projeto, e claro que queria aquilo para mim, mas como começar?

Comecei a acompanhar todos os post´s daquele autor, nos quais ensinava como ele fez seu próprio projeto e eu comecei então a criar os meus próprios vídeos ensinando sobre uma matéria de programação.

Esse projeto existe até hoje e tenho uma média de 1000 visitas mensais, ele se chama Parmezani.NET.

Parmezani.net

Marketing Digital começou pra mim.

O primeiro BLOG foi criado, mas simplesmente colocar o site no ar e ficar esperando que as pessoas o encontrassem seria “morrer na praia”, entendi que tinha muito mais envolvido no processo e foi assim que,
procurando mais dados a cada dia na internet, eu comprei meu primeiro curso de Marketing Digital que falava sobre “como ganhar dinheiro com o youtube” do Michael Oliveira.

Após a compra eu fiquei super contente em poder conhecer o Michael e conversar sempre com essa figura incrível e profissional de sucesso.

Ele me incentivou a começar a criar os meus vídeos e assim eu fazia sempre, cada vez um pouco melhor que o anterior, detalhes simples que fazem com que o meu projeto de vídeos o Parmezani.NET seja hoje uma fonte de conhecimento em uma linguagem específica.

Após essa conquista, eu percebi que poderia novamente a ensinar as pessoas a criar os seus próprios projetos online.

Eu tenho conhecimento na área de programação, Vendas e agora também com vídeos. Isso não poderia ficar só comigo, tinha de compartilhar com as outras pessoas. Eu senti que deveria fazer isso.

Assim nasceu o segundo projeto o OportunidadeDigital.NET.

Este projeto é a segunda menina dos meus olhos e eu tenho um cuidado extremamente grande com o seu conteúdo, com os vídeos, com o contato com as pessoas e também com a forma de ensino.

A essa altura eu já havia comprado e concluído diversos cursos que me ajudaram a melhorar mais e mais o Oportunidade,  até mesmo o projeto em si e a forma como ensino nos tutorias do Site.

Comprei meu material de vídeo, câmera, gravador, iluminação e microfone e um bom computador para edição.

E hoje eu, Fernando Parmezani,  venho ensinando  mais a cada dia, um post a mais que realmente faça a diferença na vida da pessoas, indicando cursos que, como eu fiz, vão fazer a diferença na vida dessas pessoas que me acompanham e me veem como uma fonte de informação para elas.

Alguém em quem elas possam confiar sempre.

O que vem depois?

Ufa, se você chegou até aqui, lendo por tudo pelo que passei, percebeu que eu não sou de ficar muito tempo sem alguma novidade.

E as novidades estão aqui fervilhando em minha mente.

O Blog me deu a oportunidade de trabalhar (direta ou indiretamente) com vários empreendedores de Sucesso, como o Gustavo Freitas, Matehus Beck, Alejandro Salinas, Gabriela, Eliane Montenegro, Wesley Pereira, Dani Edson, Victor Palandi, Jair Rebello, Karyne Otto e muitos outros empreendedores que hoje fazem muito sucesso.

Além da participação em Congressos como o CONABLOG, realizado em 2014.

Para este ano eu estou com o objetivo de criar meu próprio projeto online e, com certeza, será algo totalmente diferente do que você tem visto no mercado brasileiro.

Por enquanto não vou falar muito, pois até o momento eu estou em desenvolvimento e quero reunir o melhor que eu tenho para você.

Paciência, pois estou sempre trazendo o melhor conteúdo para todos.

Obrigado por tudo e como sempre digo…

SUCESSO SEMPRE!!!

Fernando Parmezani